Segunda Assembleia de Escola 2019/20

mãos

No dia 29 de Janeiro de 2020 aconteceu a Assembleia Geral da nossa escola. Teve início com a leitura da ata da Assembleia anterior e com o ponto da situação dos assuntos pendentes. A auxiliar Lourdes Monteiro, responsável pela encomenda de materiais para a Escola, informou que as andas já estavam compradas e que seriam entregues em breve. Os meninos vão poder contar com andas grandes e pequenas, tal como tinham pedido.

Relativamente à gestão do dia do futebol do 4.º ano e da participação no coro, os alunos dessa turma apresentaram a proposta: nas terças-feiras em que o 4.º ano tem coro, fica dia de “todos” no campo de jogos (o dia de coro é mensalmente rotativo) e o 4.º ano joga às sextas-feiras; caso contrário, o dia de “todos” mantém-se à sexta-feira. Nesse sentido, a turma vai apresentar um mapa às auxiliares responsáveis pelo recreio para que estejam informadas da nova dinâmica.

elsaIMG 6730 rodas

Quanto à questão da manutenção da casa de banho do recreio foram apresentadas propostas no sentido de haver meninos responsáveis por colaborar na manutenção do espaço ou por monitorizarem a sua utilização junto dos colegas. Depois de se discutir esta questão, pensou-se que o essencial é que cada menino seja responsável pela utilização de um espaço que é de todos, devendo ser cuidadoso, nomeadamente não se esquecendo de puxar o autoclismo e de colocar os papéis no cesto.

Os recreios conjuntos e os dias a que se realizam estiveram outra vez em cima da mesa, com os meninos da Infantil a sugerir mais dias de recreios conjuntos. Ficámos de experimentar ter recreios conjuntos todos os dias da semana, a partir de dia 3 de fevereiro até à pausa letiva do Carnaval. Após essa data, avalia-se de novo esta questão em Assembleia Geral de Escola para se tomar decisões quanto ao futuro.

assembleia pintado

Pela primeira vez o grupo dos 3 anos teve também assento na mesa da Assembleia e, assim, estiveram representados todos os grupos do JIP. Estiveram também, na mesa, as professoras Magda Fernandes, Daniela Branco e Dora Batalim, e a auxiliar Lourdes Monteiro. Verificou-se que cada vez se nota um saber estar em Assembleia que é muito gratificante. Os meninos são capazes de se exprimir e de se ouvirem, conseguindo-se chegar a decisões através de consensos.