Quem Somos

"A criação da Fundação Lucinda Atalaya (FLA) deve-se essencialmente à minha vontade de dar continuidade a um acção pedagógica que se caracteriza fundamentalmente pela promoção das condições favoráveis ao desenvolvimento no ser humano das suas capacidades de iniciativa, de criação, de crítica, de pesquisa, de cooperação já que só assim ele se tornará capaz de intervir, participar, transformar numa acção educativa que possibilite ao adulto auto realizar-se e, simultaneamente, possuir uma consciência social relevante."

"Cumpre-me ainda destacar a preocupação constante que acompanhou toda a minha vida profissional que foi a de contribuir de um modo concreto e eficaz para a formação permanente dos professores do ensino primário e dos educadores de infância, com vista a um atendimento pedagógico mais qualificado das crianças portuguesas, sobretudo daquelas que vivem em situação de desvantagem, quer económica quer social. Preocupação que deu origem à criação da cooperativa CEFEPE - CRL (Centro de Formação Educacional Permanente)" como consta no preâmbulo do testamento de Lucinda Atalaia.

A Fundação tem por objetivo principal assegurar a existência, continuidade e constante inovação do Jardim Infantil Pestalozzi. Poderá ainda desenvolver outras atividades nos domínios da educação, da cultura, da formação e da beneficência.


O atual Conselho de Administração é constituído por cinco elementos designados nominalmente pela fundadora:

  • Jorge Miguel Seabra de Mendes Pinto
  • José Maria Brandão de Brito
  • Maria Manuela da Silva
  • Maria Paula Grijó dos Santos Maia Lobo
  • Mónica Braz Almeida.

iconPDF Estatutos Fundação Lucinda Atalaya